Alagoas, Quinta, 19 de Setembro de 2019
  • Enviar e-mail
  • Facebook

Aracaju já é a 7ª melhor capital do país em bem-estar urbano à frente de Rio e SP; veja Maceió

Publicado em 27 de Setembro de 2016

Apesar de não estar entre as mais ricas capitais do Nordeste (comparada a centros econômicos como Recife ou Fortaleza) ou mesmo ser tão visitada turisticamente como Maceió, quando o assunto é bem-estar urbano, Aracaju está muito, muito à frente das outras cidades do Nordeste – e até das maiores capitais do país.

De acordo com levantamento inédito do Observatório das Metrópoles coordenado pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), o Índice de Bem-Estar Urbano (Ibeu) de Aracaju é o 7º melhor do país, à frente de São Paulo e do Rio de Janeiro, por exemplo (veja lista completa abaixo).

Com base em indicadores como mobilidade urbana (tempo de deslocamento de casa para o trabalho); condições ambientais (arborização, esgoto a céu aberto, lixo acumulado), condições habitacionais (número de pessoas por domicílio e de dormitórios), serviços coletivos urbanos (atendimento adequado de água, esgoto, energia e coleta de lixo) e infraestrutura, a campeã do país foi Vitória, no Espírito Santo, com pontuação 0, 9000, seguida de Goiânia, com 0,8742 e Curitiba, 0,8740.

Além de Aracaju, em sétima posição, nacional, com 0,8214, a segunda capital do Nordeste a aparecer na lista é João Pessoa, na 13ª posição nacional (com 0,7992), seguida por Fortaleza (em 14º, com 0,7819), Recife (15º, com 0,7758), Salvador (16ª, com 0,7719), Natal (em 18ª posição nacional, com 0,7383), Teresina (em 20ª posição, com 0,7218) e... Maceió, em 21ª posição nacional, com 0,7026, à frente no Nordeste apenas de São Luís, no Maranhão.

Para os maceioenses, que costumam se ufanar (com razão) de suas belezas naturais, Aracaju é uma prova de que uma boa cidade para se viver é aquela com infraestrutura para garantir uma boa vida para todos – e não apenas para os turistas.

Ranking das 27 capitais brasileiras

  1. Vitória (ES) - 0,9000
  2. Goiânia (GO) - 0,8742
  3. Curitiba (PR) - 0,8740
  4. Belo Horizonte (MG) - 0,8619
  5. Porto Alegre (RS) - 0,8499
  6. Campo Grande (MS) - 0,8275
  7. Aracaju (SE) - 0,8214
  8. Rio de Janeiro (RJ) - 0,8194
  9. Florianópolis (SC) - 0,8161
  10. Brasília (DF) - 0,8131
  11. Palmas (TO) - 0,8129
  12. São Paulo (SP) - 0,8119
  13. João Pessoa (PB) - 0,7992
  14. Fortaleza (CE) - 0,7819
  15. Recife (PE) - 0,7758
  16. Salvador (BA) - 0,7719
  17. Cuiabá (MT) - 0,7704
  18. Natal (RN) - 0,7383
  19. Boa Vista (RR) - 0,7249
  20. Teresina (PI) - 0,7218
  21. Maceió (AL) - 0,7036
  22. São Luís (MA) - 0,7003
  23. Rio Branco (AC) - 0,6972
  24. Manaus (AM) - 0,6903
  25. Belém (PA) - 0,6593
  26. Porto Velho (RO) - 0,6542
  27. Macapá (AP) - 0,6413


  • Ideias
  • Agenda A ideias é um espaço plural discussão de temas comprometidos com a melhoria do ambiente de negócios e da qualidade de vida dos alagoanos.

  •  
  • Turismo
  • Vídeos

© AGENDA A 2013. All rights reserved