Empresa alagoana ganha prêmio nacional com tecnologia que agiliza cotação para licitações

Publicado em 28 de Agosto de 2020

Com sede em Maceió, escritório em Brasília e 95% dos clientes de outros Estados (a maioria das regiões Sudeste e Sul, como a Sabesp, em São Paulo, e o Governo de Santa Catarina), a consultoria Promáxima, fundada em 2012 pelos alagoanos e analistas de sistemas Raffael Escarpini e Victor Hugo (na foto), acaba de conquistar um reconhecimento importante como  referência nacional em GovTech -- empresas que desenvolvem sistemas e tecnologia para melhorar a gestão pública.

No dia 21 de agosto passado, o software da empresa “Fonte de Preços” foi o grande vencedor do Demoday 2020 do BrazilLAB, hub de inovação que busca conectar empreendedores que desenvolvem soluções tecnológicas para o Poder Público. 

Criado para agilizar a cotação de preços de órgãos públicos de todo o país, o software da Promáxima usa uma base de dados com mais de 21 milhões de preços (homologados por outros entes públicos como prevê a lei de licitações, entre mais de 400 mil fornecedores cadastrados) que promete entregar em até 5 minutos pesquisas de preços que chegam a durar entre 40 e 60 dias em prefeituras ou nos cerca de 18 mil órgãos públicos do país.

“Como uma empresa que tem entre seus principais clientes órgãos públicos, sabemos bem como o processo de cotação de preços consome tempo e dias de trabalho de servidores que poderiam estar focados em outras áreas”, diz Raffael Scarpini. “Após estudarmos em detalhes todo o processo, acredito que o grande diferencial do fonte de preços é não apenas a agilidade na tomada de orçamentos, como também na segurança jurídica garantida por uma base que tem como referência milhares de órgãos públicos de todo o país”.

Ainda segundo Raffael, outro diferencial do software é a possibilidade de órgãos públicos pesquisarem preços de produtos ou serviços específicos que ainda não foram orçados por outros órgãos públicos e não estão na base de dados. “Nos casos em que a cotação é voltada para um segmento tão específico ou complexo que ainda não tem referência na base pública de dados, oferecemos um serviço de cotações personalizadas e específicas para entregar a cotação solicitada”, diz Raffael, que indica que o software já é usado inclusive por órgãos de controle como tribunais de contas e Ministério Público para realizar auditorias. 

Além de ganhar o primeiro lugar no Demoday entre os seis finalistas escolhidos por uma banca de gestores públicos, prefeitos, especialistas em tecnologia e inovação, empreendedores e investidores, a empresa alagoana  ganhará assessoria técnica do BrazilLAB para apoio em negociação com governos e participarão de eventos para exposição da suas soluções junto a investidores e líderes do poder público. 

Saiba mais sobre o software alagoano e as outras empresas premiadas aqui.


 



  • Ideias
  • Agenda A ideias é um espaço plural discussão de temas comprometidos com a melhoria do ambiente de negócios e da qualidade de vida dos alagoanos.

  •  
  • Turismo
  • Vídeos

© AGENDA A 2013. All rights reserved