O que mudou (e como sobreviver) no mercado publicitário de AL durante 40 anos? Veja entrevista

Publicado em 13 de Jun de 2016

Em 1976, quando a Chama Publicidade abriu suas portas em Maceió, a Publicidade não era ainda o que se pode chamar de uma carreira profissional e o mercado alagoano na área dependia de pequenas lojas do Centro ou de projetos especiais veiculados nos grandes jornais da época, como o extinto Jornal de Alagoas.    

Quais as grandes campanhas do Estado e o que mudou na economia e no mercado publicitário de Alagoas nos últimos 40 anos?

Em conversa com o jornalista Rodrigo Cavalcante, editor do AGENDA A, os publicitários Aloísio Alves e Hermann Fernandes, que comandam a Chama Publicidade,  que completa 40 anos este ano, falaram das mudanças do mercado alagoano em setores como varejo e construção civil e das estratégias de adaptação da agência para manter-se entre os líderes do mercado em tempos de ascensão de mídias sociais e outros meios que desafiam a publicidade tradicional.

Veja abaixo os 3 blocos da entrevista:

Bloco 01

Bloco 02

Bloco 03


Mais lidas

 

  • Ideias
  • Agenda A ideias é um espaço plural discussão de temas comprometidos com a melhoria do ambiente de negócios e da qualidade de vida dos alagoanos.

  •  
  • Turismo
  • Vídeos

© AGENDA A 2013. All rights reserved