SEBRAE
Alagoas, Quinta, 19 de Outubro de 2017
  • Enviar e-mail
  • Facebook

Obras do “Marco Referencial” no antigo Alagoinhas iniciam nesta segunda; veja aqui imagens

Publicado em 18 de Dezembro de 2016

Às 9h da manhã desta segunda (19), o governo do Estado quer encerrar um dos capítulos em torno da indefinição do que será construído no local do antigo Alagoinhas - cuja estrutura em ruínas tem comprometido um dos mais visitados pontos turísticos de Maceió.

Trata-se da “assinatura da ordem de serviço” para o início da primeira etapa das obras do chamado “Marco Referencial de Maceió”, cujo projeto inicial de uma torre de estética duvidosa (comparada a um pastiche dos edifícios de Dubai e com provável alto custo de manutenção), gerou polêmica entre os alagoanos ao ser apresentado à população sem nenhuma discussão -- ou concurso público aberto a arquitetos de todo o país, como se faz em qualquer lugar do mundo que trata com seriedade a arquitetura e o dinheiro do contribuinte (veja artigo de 2014 criticando o projeto inicial no AGENDA A aqui).

Ao menos por enquanto, contudo, o projeto “Dubai” foi abandonado. Em troca, um novo projeto (chamado inicialmente “primeira etapa”)  prevê a construção no espaço de 3.600 m² de uma espécie de praça-pier com concha acústica, praça de alimentação, dois mirantes, espaço cultural climatizado, guarita, banheiros, camarins e espaço administrativo.

Coordenado pela Secretaria de Infraestrutura, o projeto será apresentado em detalhes nesta segunda já com a ordem de serviço para o início das obras assinada pelo próprio governador com a presença prevista dos ministros do Turismo, Marx Beltrão, e da Integração Regional, Helder Barbalho.

É do Ministério da Integração Regional, afinal, que virá a quase totalidade dos cerca de R$ 9,4 milhões (segundo o governo, R$ 9.395.441,04) do orçamento da obra - que, segundo o governo, tem previsão de ser finalizada em 12 meses (o projeto original com o monumento foi orçado há mais de 2 anos em R$ 18 milhões).

“Além de ser um marco importantíssimo para o turismo na capital, a obra vai atender também às famílias alagoanas que contarão com um novo espaço público aberto com excelente infraestrutura, centro de gastronomia e cultura tendo como moldura a vista do mar”, diz a secretária Estadual de Infraestrutura, Aparecida Machado.

Veja mais imagens do projeto abaixo: 


Mais lidas

 

  • Ideias
  • Agenda A ideias é um espaço plural discussão de temas comprometidos com a melhoria do ambiente de negócios e da qualidade de vida dos alagoanos.

  •  
  • Turismo
  • Vídeos

© AGENDA A 2013. All rights reserved