Arte em ‘paredões’ vira tendência e substitui pichações aleatórias em Maceió

Publicado em 08 de Abril de 2014

Em meio à poluição visual nas grandes cidades, a arte nos muros tornou-se uma alternativa para transformar pichações aleatórias em intervenções visuais de qualidade. Em Maceió, a tendência vem conquistando, ainda que lentamente, cada vez mais espaço em áreas públicas e privadas da capital.

A mais recente intervenção (ainda em andamento) está sendo feita nos muros da ladeira Geraldo Melo (antiga Rodoviária), no sentido Centro-Farol. O projeto da faculdade Seúne intitulado “Alagoanos Notáveis” faz uma homenagem a personalidades importantes da nossa história, como Graciliano Ramos, Hermeto Pascoal, Aurélio Buarque de Holanda e Lêdo Ivo – com direito a uma breve biografia e ilustrações do grafiteiro Rodrigo Costa.

Já na parte baixa, em Jaraguá, o paredão próximo ao porto foi revitalizado com novas pinturas desde o final do ano passado, dando espaço para uma galeria a céu aberto. Com o tema cultura popular, o paredão é estampado com pinturas de 12 artistas (Persivaldo Figueiroa, Herbert Loureiro, Levi Paes, Sandra Neves, Achiles Escobar, entre outros), selecionados pela Fundação Municipal de Ação Cultural (FMAC) e sob curadoria do projeto Alagoas Presente, comandado por Marta Arruda. A galeria existe há 15 anos e foi ocupada pela última vez em 2008, com o tema cultura afro-brasileira.

Com mais de 280 metros, os muros da Algás também disseminam cultura. Na última revitalização, em novembro de 2013, o quarteirão foi tomado por rendeiras, pescadores e o colorido do artesanato local. Os artistas que assinam a intervenção pertencem ao projeto “Sua Majestade o Circo”, coordenado por Peró de Andrade e Persivaldo Figueirôa.





  • Ideias
  • Agenda A ideias é um espaço plural discussão de temas comprometidos com a melhoria do ambiente de negócios e da qualidade de vida dos alagoanos.

  •  
  • Turismo
  • Vídeos

© AGENDA A 2013. All rights reserved