Filme alagoano é selecionado em Festival de Gramado e será transmitido pela TV em setembro

Publicado em 11 de Agosto de 2020

O cinema alagoano ganha mais uma vez destaque nos festivais nacionais - e, dessa vez, na 48ª edição do Festival de Gramado, um dos mais tradicionais do cinema brasileiro.

O curta-metragem Trincheira, um dos últimos destaques da Mostra Sururu de Cinema em 2019, foi um dos 14 títulos nacionais de curtas escolhidos entre 428 inscritos esse ano por três curadores, incluindo o jornalista e apresentador Pedro Bial. 

Dirigido por Paulo Silver, o curta alagoano, que narra a aventura solitária de um menino para criar seu próprio universo imaginário com sucata em um aterro de lixo ao lado de um condomínio de luxo, será transmitido pela TV na semana do Festival (de 18 a 26 de setembro)  na grade do Canal Brasil, de TV por assinatura (o dia exato será informado à frente pelo canal). 

O filme, que ganhou os prêmios de Roteiro e Direção de Arte na Mostra Sururu de Cinema do ano passado,  concorrerá agora em Gramado em 10 categorias: Melhor Filme, Melhor Direção, Melhor Ator, Melhor Atriz, Melhor Roteiro, Melhor Fotografia, Melhor Montagem, Melhor Trilha Musical, Melhor Direção de Arte e Melhor Desenho de Som. Além do disputado Kikito, o Melhor Filme receberá R$ 6.500,00 em dinheiro e os demais R$ 1.000,00 cada. 

Realizado com recursos do edital do audiovisual da Secretaria de Estado de Cultura, Trincheira tem se destacado pelo roteiro (de Paulo Silver e Rafhael Barbosa), pela caprichada direção de arte (Nina Magalhães) e pela interpretação do ator Gabriel Nunes que, com apenas 12 anos, já ganhou prêmios pela atuação em mostras como Criancine no Curta Taquary, em abril deste ano, e no II Festival Mazzaropi (na foto acima, Gabriel é orientado pelo pai e ator Glauber Xavier). 

“Estamos felizes não apenas por sermos selecionados, claro, como também pelo reconhecimento da qualidade e apuro técnico que tem sido destacado como uma das marcas dos filmes alagoanos nos últimos anos”, diz o diretor Paulo Silver. “Na verdade, esse apuro já existia, mas fica mais evidente quando podemos trabalhar com editais que nos dão condições para pré-produzir, filmar e editar com mais calma e cuidado nossas produções”.

Essa é a primeira vez que um curta produzido em Alagoas disputa a mostra principal de melhor Curta Metragem em Gramado. Em 2018, a cineasta alagoana Nara Normande levou o Kikito na mesma categoria com a animação “Guaxuma”, em que rememora a infância na praia em Alagoas -- produzido em Pernambuco com co-produção francesa. 

Veja teaser do filme abaixo e confira lista com todos os curtas indicados no site do Festival de Gramado aqui.

Paulo Silver (sentado, ao centro, de óculos) cercado pela equipe em momento da filmagem de Trincheira

 



 

  • Ideias
  • Agenda A ideias é um espaço plural discussão de temas comprometidos com a melhoria do ambiente de negócios e da qualidade de vida dos alagoanos.

  •  
  • Turismo
  • Vídeos

© AGENDA A 2013. All rights reserved