Nesta quarta: Lilia Schwarcz fala sobre o autoritarismo brasileiro no Arquivo Público de Alagoas

Publicado em 03 de Dezembro de 2019

Desde que lançou, em 1993, seu livro “O Espetáculo das Raças”, a antropóloga Lilia Schwarcz se tornou uma das maiores historiadoras e analistas de como as relações raciais no Brasil moldaram nossas relações sociais.

Nesta quarta, Lilia desembarca em Maceió para falar às 19h na série de palestras “Chá de Memória”, no Arquivo Público de Alagoas (no bairro do Jaraguá, Rua Sá e Albuquerque, S/N), do seu mais recente livro “Sobre o Autoritarismo Brasileiro”. 

Mediada pelo professor de História da Ufal, Gian Carlo, a palestra da antropóloga traçará uma espécie de genealogia do autoritarismo brasileiro abordando temas de capítulos do livro como “Escravidão e Racismo”, “Mandonismo”, “Patrimonialismo”, “Corrupção”,“ Desigualdade Social”,  “Violência”, “Raça e Gênero” e “Intolerância”.

De acordo com a antropóloga, o autoritarismo no Brasil está presente não apenas na retórica, mas, principalmente, na capacidade com que boa parte dos brasileiros consegue naturalizar e tornar pouco visível, por exemplo, os altos índices de violência que matam mais pessoas nas periferias do país do que em muitas guerras sangrentas no mundo.

Seja em Paraisópolis, na grande São Paulo, ou nas grotas de Maceió.

Antes da palestra de Lilia Schwarcz, que conta com o apoio da Fapeal e do Núcleo de Estudos Sociedade, Escravidão e Mestiçagem (NESEM), o Arquivo Público realizará, às 16h, uma mesa redonda com o tema "Intolerância, Racismo e Autoritarismo" com os professores Zezito Araújo (Ufal e Cesmac), Anderson Almeida (Ufal) e Gustavo Gomes (Ufal).  

Serviço

Chá de Memória: “Sobre o Autoritarismo Brasileiro”, por Lilia Schwarcz 

Data, hora e local: nesta quarta (04/12), às 19h, no Arquivo Público de Alagoas (Rua Sá e Albuquerque, s/n, próximo ao Iphan)

Ingressos: Entrada Franca



  • Ideias
  • Agenda A ideias é um espaço plural discussão de temas comprometidos com a melhoria do ambiente de negócios e da qualidade de vida dos alagoanos.

  •  
  • Turismo
  • Vídeos

© AGENDA A 2013. All rights reserved