Estado do Nordeste já é sexto do Brasil em número de bilionários com 17 nomes na lista da Forbes

Publicado em 31 de Agosto de 2021

Lista inclui (acima, da esquerda para direita, nomes como Cândido Pinheiro (Hapvida), José Roberto Nogueira (Brisanet), Francisco Deusmar Queiroz (Pague Menos), Mário Araripe (Casa dos Ventos), Consuelo Dias Branco (Dias Branco) e Oto de Sá Cavalcanre (Arco/Educacional)  

 

Sim, os estados das regiões Sudeste e do Sul do país ainda concentram a maior fatia de riqueza e o maior número de bilionários brasileiros no ranking da Forbes 2021 – tendo à frente São Paulo (com 128 bilionários na lista), Santa Catarina (40), Rio de Janeiro (37), Minas Gerais (29) e Rio Grande do Sul (19).

Um Estado do Nordeste, contudo, se destacou este ano ao subir para a sexta posição no ranking entre os Estados brasileiros com maior número de bilionários.

De acordo com a Forbes, o Ceará já tem 17 bilionários na lista e lidera, com folga, o ranking não apenas na região Nordeste, como nas regiões Norte e Centro-Oeste. 

No Nordeste, por exemplo, o segundo Estado com maior número de bilionários na lista é Pernambuco, com sete pessoas entre as mais ricas do país, seguido pelo Maranhão (com quatro, todas da família Mateus, rede varejista que se expande por todo Brasil), Bahia (2) e Paraíba (1).

Na pesquisa da Forbes, que só leva em consideração dados financeiros de empresas que possuem capital aberto (o que significa, na prática, que bilionários acionistas de empresas de capital fechado não aparecem), não foram listados na região Nordeste nenhum nome de Alagoas, Sergipe, Rio Grande do Norte e Piauí.

No Ceará, que já tem nove empresas com capital aberto na Bolsa de Valores, o mais novo empresário a aparecer na lista deste ano foi José Roberto Nogueira, 56 anos, fundador da Brisanet, empresa que se expandiu ao apostar na oferta de internet de fibra óptica em cidades pequenas e médias do Nordeste que não eram atendidas pelos grandes grupos do setor.

Após a abertura, em julho passado, do capital da empresa – que conta atualmente com 14,4 mil quilômetros de infraestrutura de backbone que atende Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco e Alagoas – o empresário apareceu pela primeira vez na lista da revista na 98ª posição e patrimônio estimado em R$ 4,80 bilhões. 

Além do fundador da Brisanet, a lista de bilionários cearenses na Forbes já inclui outros nomes conhecidos como Cândido Pinheiro Koren de Lima, do Hapvida, com patrimônio estimado em R$ 21 bilhões, Mário Araripe, da Casa dos Ventos (energia eólica), com patrimônio estimado de R$ 8,10 bilhões, Consuelo Dias Branco, do grupo Dias Branco (R$ 6 bilhões), Oto de Sá Cavalcante (do grupo educacional Arco, com R$ 4,70 bilhões) e Francisco Deusmar Queiroz, da Pague Menos (R$ 4,5 bilhões). 

Veja lista dos 40 novos bilionários no site da Forbes Brasil aqui.




  • Ideias
  • Agenda A ideias é um espaço plural discussão de temas comprometidos com a melhoria do ambiente de negócios e da qualidade de vida dos alagoanos.

  •  
  • Turismo
  • Vídeos

© AGENDA A 2013. All rights reserved