Compra do Arthur Ramos por maior rede hospitalar do país muda mercado de saúde em AL; entenda

Publicado em 28 de Jul de 2021

Trata-se da maior aquisição no mercado hospitalar alagoano das últimas décadas.

A Rede D´Or São Luiz, maior grupo privado de hospitais do país, está prestes a desembarcar em Alagoas por meio da aquisição do Hospital Memorial Arthur Ramos, um dos maiores centros hospitalares do Estado -- controlado hoje por uma cooperativa de médicos.

Apesar de, oficialmente, a Rede D´Or não ter se posicionado sobre a aquisição (a assessoria do grupo informa apenas que a rede “não comenta especulações de mercado”), fontes do hospital ouvidas por AGENDA A confirmam que a proposta de aquisição já foi aprovada pela assembleia da cooperativa de médicos por um valor de cerca de R$ 300 milhões – cuja soma, descontado os passivos, seria rateada entre os médicos cooperados. 

A aquisição faz parte da estratégia do grupo de expansão em todo o país com aquisições recentes em vários hospitais em Estados do Nordeste, como do Hospital Nossa Senhora das Neves, em João Pessoa, o Hospital Aliança, em Salvador, o Hospital São Carlos, no Ceará, o Hospital São Lucas, em Aracaju, em 2018, entre outras aquisições em outras regiões.

Com a aquisição do Arthur Ramos pela Rede D´Or (junto com a carteira de clientes credenciados), o mercado de saúde complementar em Alagoas ficará ainda mais acirrado nos próximos anos. Como apenas 11,6% da população alagoana tem plano privado de saúde (enquanto a média nacional é de 25%), a disputa pelos 369 mil usuários no Estado (de uma população de mais de 3,3 milhões) tem gerado uma série de movimentações de mercado nos últimos meses. Em abril deste ano, a Unimed Maceió, líder no mercado de planos de saúde em Alagoas, anunciou investimento de mais de R$ 150 milhões na construção de um novo centro hospitalar de alta complexidade anexo ao Parque Shopping Maceió. O anúncio da Unimed foi feito logo após o Sistema Hapvida, segundo plano de saúde em número de usuários em Alagoas, ter inaugurado seu novo “Hospital Maceió” na Serraria com investimentos de mais de R$27 milhões.

Os investimentos seguem a tendência de consolidação dos grandes grupos privados de saúde que tendem a concentrar suas operações em redes de hospitais próprias para ganhar escala e reduzir custos, em um movimento semelhante ao do que ocorreu anos atrás, por exemplo, na expansão dos grandes grupos varejistas no país.

Para especialistas no mercado de saúde ouvidos por AGENDA, a chegada de grandes grupos no Estado com mais capacidade de investimentos em equipamentos e tecnologia deve impulsionar o mercado local, além de pressionar outros hospitais do Estado a melhorarem sua gestão e atendimento.

Resta saber também se o Hospital Arthur Ramos será a única futura aquisição da Rede D´Or no Estado. Como o grupo é altamente capitalizado e tem como meta ampliar agressivamente o número de aquisições, há quem avalie que o grupo também possa vir a fazer ofertas em Alagoas em centros de saúde já consolidados no Estado (e próximos do Hospital Arthur Ramos) como o Hospital do Coração e o grupo Medradius.




  • Ideias
  • Agenda A ideias é um espaço plural discussão de temas comprometidos com a melhoria do ambiente de negócios e da qualidade de vida dos alagoanos.

  •  
  • Turismo
  • Vídeos

© AGENDA A 2013. All rights reserved