Liderança feminina: Sebrae abre inscrições em programa que fortalece empreendedoras em Alagoas

Publicado em 17 de Março de 2022

Andréa Leopoldino, da Arco Solar Engenharia: programa “Sebrae Delas” acelerou liderança na expansão dos negócios (Foto: Kelvin Gomes)



 

“Prefiro que você não coloque uma mulher para lidar com os trabalhadores na obra”.

Andréa Leopoldino era ainda estudante de Engenharia Civil e estagiária em uma empresa de terraplanagem, em 2016, quando ouviu o pedido acima de um cliente a seu chefe em meio a obras de um loteamento residencial. E mesmo após se formar, fazer cursos de pós-graduação e abrir, em 2020, sua própria empresa (a Arco Solar Engenharia, especializada em projetos de energia solar), ela descobriu que os entraves para a liderança feminina iam muito além das dificuldades já enfrentadas por todo empreendedor.

“Não se trata apenas dos desafios técnicos e de gestão, mas de uma série de preconceitos e barreiras emocionais que tendem a limitar o potencial da liderança feminina”, diz a empresária, que integrou o ano passado a primeira turma do programa “Sebrae Delas”, cujas inscrições para a segunda turma serão abertas no próximo dia 21 de março. 

Voltado para fomentar e acelerar competências, comportamentos e habilidades das mulheres empreendedoras, o programa de capacitação promove consultorias e mentorias para ajudar as empreendedoras a tirar suas ideias de negócio do papel e acelerar seus empreendimentos.

“Além de fortalecer competências técnicas de gestão, o programa trabalha competências sociais e emocionais e estimula a criação de redes de negócios e ambientes de inovação que fortalecem o empreendedorismo feminino”, diz Érica Pereira, gestora do “Sebrae Delas” em Alagoas. “Como resultado, as participantes do programa passam a compreender melhor as questões relacionadas à gestão de empresas, mercado e saem mais fortalecidas para ocupar novos espaços de liderança no mundo empresarial”.

Segundo um estudo nacional realizado pelo Sebrae a partir de dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNADC), pouco mais de dez milhões de mulheres estavam à frente de negócios no Brasil em 2021 – um crescimento de 23% em relação ao ano de 2020. Apesar da evolução nos últimos anos, a participação delas no universo de negócios ainda é considerada tímida (34%), uma vez que as mulheres representam mais da metade da população brasileira.

“Pesquisas nacionais e internacionais demonstram que, quanto mais mulheres empreendem, sobretudo em negócios inovadores, não apenas a produtividade sistêmica da economia cresce, como passamos a ter uma sociedade mais inclusiva e justa”, diz Vinícius Lages, diretor técnico do Sebrae Alagoas. “Daí a importância de fomentar o empreendedorismo feminino como motor de mudança da estrutura social e econômica do nosso país”.

Para a empresária Andréa Leopoldino, da Arco Solar Engenharia, o programa foi essencial para fortalecer sua liderança no crescimento da empresa. “Após as mentorias, me tornei muito mais confiante para liderar e coordenar equipes masculinas sem me intimidar diante de alguns que ainda insistiam em duvidar da capacidade técnica e liderança de uma mulher”, diz a empresária. “É preciso, claro, saber ouvir, o que é uma qualidade já comum da maioria das mulheres empreendedoras, sem se intimidar em decidir sobre aquilo que consideramos que é o melhor para a empresa” diz Andréa que, após decidir fazer mudanças na empresa que vinha adiando (incluindo troca de colaboradores e parceiros), tem visto a Arco Solar Engenharia acelerar seu crescimento.

As inscrições para participar do “Sebrae Delas” iniciarão a partir do dia 21 de março. Até lá, as empreendedoras interessadas podem obter mais informações sobre o programa pelo 0800 570 0800 ou no email [email protected]




  • Ideias
  • Agenda A ideias é um espaço plural discussão de temas comprometidos com a melhoria do ambiente de negócios e da qualidade de vida dos alagoanos.

  •  
  • Turismo
  • Vídeos

© AGENDA A 2013. All rights reserved