A vez da Barra de Santo Antônio: após Vila Galé, cidade ganha complexo turístico com 1000 quartos

Publicado em 15 de Jul de 2021

Novo complexo turístico Aldeia das Lontras: Beach Club (acima), resort  e pousada somando mil unidades 


Até pouco tempo relegada ao segundo plano pelos investimentos turísticos, a cidade de Barra de Santo Antônio está prestes a se tornar um dos maiores centros hoteleiros do litoral alagoano.

Após o desembarque do resort do grupo português Vila Galé, até então o maior investimento hoteleiro no Estado com 518 quartos e mais de R$ 150 milhões de investimento, o grupo alagoano Ritz Incorporações apresentou à Prefeitura da cidade o projeto do novo complexo turístico Aldeia das Lontras, que inclui pousada de alto padrão com 184 quartos, resort com 768 apartamentos, além de Beach Club, restaurante, spa e outros espaços de lazer - que, ao final de todas as etapas, têm investimento final que pode chegar a R$ 500 milhões.

Localizado em terreno à beira-mar de mais de 80 mil metros quadrados ao lado do resort Vila Galé, o novo complexo é assinado pelo escritório do arquiteto alagoano Lúcio Moura. “Desde o início da concepção do projeto, queríamos uma arquitetura que fosse, ao mesmo tempo, ousada e integrada à paisagem natural do local”, diz o arquiteto, que conta como parte da inspiração nasceu da observação das casas simples e rústicas de moradores cercadas de montes de cocos. “Essa inspiração está presente não apenas em alguns espaços do complexo, como na paleta de cores que vai do barro cru, passando pela areia, pela palha e até o negro do carvão, mesclada às cores vivas da vegetação e das nuances em degradê do mar”. Ainda de acordo com o arquiteto, o projeto limitou a altura dos blocos para que todos ficassem abaixo da linha dos coqueiros da região, sem prejudicar a paisagem.

De acordo com o Grupo Ritz, as obras do Beach Club devem ter início no segundo semestre deste ano e o início das obras da pousada está previsto para julho de 2022, seguida no ano seguinte pela construção do primeiro bloco do resort. Os apartamentos do resort (com cerca de 38 metros quadrados) e da pousada (45 metros quadrados) serão vendidos em sistema de propriedade compartilhada (na qual o cliente compra uma fração do imóvel) gerenciado pela WAM, uma das maiores redes do segmento do país.

Veja mais imagens abaixo:

Complexo turístico inclui resort (três blocos à esquerda) e pousada (à direita, com bloco em forma de “S”



Perspectiva do fundo do complexo: Barra de Santo Antônio vira novo centro hoteleiro do Estado


Perspectiva do empreendimento visto do mar: blocos construídos abaixo da altura dos coqueiros 

 




  • Ideias
  • Agenda A ideias é um espaço plural discussão de temas comprometidos com a melhoria do ambiente de negócios e da qualidade de vida dos alagoanos.

  •  
  • Turismo
  • Vídeos

© AGENDA A 2013. All rights reserved