Agência alagoana é primeira do Norte-Nordeste na elite do marketing digital do país

Publicado em 03 de Dezembro de 2020

Carina Oiticica e Marcos Paulo, da Yellow Kite: primeira agência do Nordeste a receber selo "Diamond" da RD Station

Entre cerca de 1700 agências do Brasil parceiras da Resultados Digitais, maior plataforma de marketing digital para pequenas e médias empresas do país com sede em Florianópolis (e escritórios em São Paulo, Colômbia e México), apenas 11 são classificadas com nível “Diamond” (Diamante), concedido àquelas de melhor desempenho em resultados para os seus clientes.

No Norte-Nordeste, a primeira agência a receber o selo não está sediada em grandes capitais como Salvador ou Recife, mas aqui mesmo, em Maceió.

Comandada por Carina Oiticica e Marcos Paulo da Costa, a Yellow Kite conseguiu não apenas se tornar uma das pioneiras na “conversão digital” das empresas alagoanas, como referência nacional pelos resultados alcançados com os clientes. 

“Acredito que essa conquista da Yellow Kite é, sim, um marco, até pelo fato de atuarem em um mercado comparativamente menor em volume de negócios do que agências em outras regiões”, diz Shelly Bronstein (foto abaixo), diretora do programa de parceria da Resultados Digitais (que mudou a marca para RD Station). “E sabemos que, para alcançar esses resultados, é preciso um trabalho consistente de educação digital no mercado, o que se tornou ainda mais relevante para as empresas neste ano”. 

Em meio à pandemia, a agência alagoana, que além de parceira da RD Station é agência Google Partner desde 2018 (certificação do Google para as agências com as melhores práticas digitais), se tornou referência na aceleração da transformação digital de grandes marcas do varejo local, como Casa Vieira e Casa Guido. Em junho deste ano, mesmo com todas as lojas físicas fechadas, a Casa Guido, por exemplo, obteve 15% aumento de vendas em relação ao mesmo período do ano anterior graças à implementação de ações digitais.

“As empresas que ainda viam o marketing digital como um complemento ou um plano para o futuro descobriram, na pandemia, que essa conversão é uma questão de sobrevivência”, diz Marcos Paulo da Costa. “Mas é bom destacar que, mesmo antes da pandemia, empresas de alguns segmentos do mercado já haviam se antecipado à conversão digital e conseguiram obter excelentes resultados”.

Um desses segmentos, que representa hoje 50% da carteira de clientes da agência, é o mercado da construção civil alagoana, que a cada ano vem investindo mais em ações digitais.

“Desde que redirecionamos nosso foco de trabalho para o marketing digital, uma de nossas principais missões é promover uma mudança cultural para que nossos clientes usem as melhores estratégias digitais para alcançar seus resultados”, diz Carina Oiticica. “E, de certa forma, esse reconhecimento que conquistamos da RD Station não deixa de ser também o reconhecimento das marcas alagoanas que acreditaram nesse trabalho”.




  • Ideias
  • Agenda A ideias é um espaço plural discussão de temas comprometidos com a melhoria do ambiente de negócios e da qualidade de vida dos alagoanos.

  •  
  • Turismo
  • Vídeos

© AGENDA A 2013. All rights reserved