Marca nordestina de calçados que ousou disputar com gigantes nacionais chega a Maceió

Publicado em 07 de Maio de 2021

Rafael Nascimento, franqueado da marca em Maceió, Salvador e Aracaju: de cliente a investidor na franquia

 

Mudar a relação do homem nordestino com a moda, começando pela base: a escolha dos sapatos e acessórios.

Essa é uma das principais missões da Noha Shoes, rede de sapatos e acessórios masculinos nascida em Recife que, desde a abertura da primeira loja, em 2015, no Shopping Rio Mar, se expandiu para outros Estados do Nordeste (e do Sul, com lojas no Rio e em São Paulo) e chegou esta semana a Maceió com abertura da primeira loja no Estado no Parque Shopping Maceió (piso L2), na Cruz das Almas.

“Como já tínhamos uma parcela importante de clientes alagoanos na loja em Recife, temos certeza de que a loja em Maceió tem tudo para repetir o sucesso de outras unidades no país”, diz Simon Carrazzone, fundador da marca que veio a Maceió esta semana para a inauguração da primeira loja no Estado.

Carrazzone conta que a ideia da abertura da marca surgiu em meio a uma viagem à Itália realizada em 2006, quando ele notou a diferença e a atenção que os homens italianos davam à escolha dos sapatos. 

“Percebi que havia uma lacuna enorme aqui para uma marca que, mais do que oferecer um mix de calçados de design de ponta e qualidade, oferecesse também um atendimento diferenciado que ajudasse o consumidor masculino a mudar a sua relação com os sapatos”, diz Carrazzone.

Um desses consumidores da loja em Pernambuco, que se tornou fã e hoje franqueado da marca, é o empresário Rafael Nascimento, responsável não apenas pela abertura da loja em Maceió, como por outras franquias da marca em Aracaju e Salvador.

“Acompanhei desde o início o trabalho cuidadoso da marca que, muito mais do que vender sapatos masculinos, prestava uma verdadeira consultoria de tendências e atenção a detalhes que valorizassem o uso calçado”, diz Rafael. “Logo vimos também o potencial da franquia como negócio que nos fez investir na abertura da loja aqui em Maceió”. 

Rafael conta que o sucesso da marca influenciou até a mudança no estilo das barras das calças masculinas, disseminando o estilo italiano que mostram mais o tornozelo e dão maior visibilidade ao calçado.

“Pouco a pouco, estamos ajudando a mudar a cultura do homem brasileiro e nordestino que não dava atenção aos calçados e acessórios e até se orgulhavam de ter apenas dois pares sempre do mesmo modelo”, diz Simon Carrazzone, com o otimismo de quem, em pouco mais de cinco anos, tem como meta disputar agora a liderança do mercado de sapatos masculinos no Brasil.

Simon Carrazzone, sócio fundador da marca: ajudando a mudar relação do homem nordestino com os sapatos

 



  • Ideias
  • Agenda A ideias é um espaço plural discussão de temas comprometidos com a melhoria do ambiente de negócios e da qualidade de vida dos alagoanos.

  •  
  • Turismo
  • Vídeos

© AGENDA A 2013. All rights reserved