No dia da morte por Covid-19 do crítico literário Alfredo Bosi, veja palestra dele sobre Graciliano

Publicado em 07 de Abril de 2021

Morreu vítima da Covid-19 nesta quarta-feira (7), em São Paulo, o escritor Alfredo Bosi, imortal da Academia Brasileira de Letras e um dos maiores críticos literários do país.

Professor emérito da Universidade de São Paulo e autor de clássicos como “O Ser e o Tempo na Poesia”, “Dialética da Colonização” e “História Concisa da Literatura Brasileira”, Bosi era um dos maiores admiradores e estudiosos do alagoano Graciliano Ramos e considerava a estatura da obra do escritor incompatível com o rótulo de “regionalista”.

“Daí parecer precária, se não falsa, a nota de regionalismo que se costuma dar a obras em tudo universais como São Bernardo e Vidas Secas”, escreveu Bosi sobre Graciliano no seu História Concisa da Literatura Brasileira. 

Em homenagem ao crítico literário, AGENDA A reproduz abaixo uma das últimas palestras públicas de Alfredo Bosi sobre a obra de Graciliano Ramos realizada no auditório da Academia Brasileira de Letras em março de 2014.

Na palestra do Ciclo de Conferências “Caminhos da crítica”, Bosi apresentou a palestra “Leitura de Infância, de Graciliano” Ramos, sobre a obra memorialista do alagoano.




  • Ideias
  • Agenda A ideias é um espaço plural discussão de temas comprometidos com a melhoria do ambiente de negócios e da qualidade de vida dos alagoanos.

  •  
  • Turismo
  • Vídeos

© AGENDA A 2013. All rights reserved